A importância das brincadeiras na vida das crianças ao redor do mundo

Criança

Escrito por:

Um hábito considerado comum a todas as crianças espalhadas ao redor do mundo é a brincadeira. O ato de brincar, inclusive, é uma etapa importante no desenvolvimento psicológico e social durante a infância, por isso, é comum encontrar essa prática em qualquer lugar do planeta.

O tipo de brincadeira praticada por uma criança, os materiais usados por ela e as companhias que estão ao seu lado durante esse momento têm enorme influência na maneira como essas atividades vão refletir no seu desenvolvimento. Graças a esses múltiplos fatores, podemos encontrar diferentes personalidades em crianças de várias populações, já que os estímulos de cada brincadeira carregam uma sólida bagagem cultural que influencia diretamente no seu aprendizado.

No artigo de hoje você vai entender por que a brincadeira é tão importante para qualquer tipo de criança e como os diferentes tipos de atividade ao redor do mundo podem influenciar diretamente no seu desenvolvimento. Confira!

A brincadeira como oportunidade de desenvolvimento

A brincadeira é vista por profissionais de pedagogia e psicologia como uma maneira da criança impulsionar seu desenvolvimento mental e social. Quando uma criança brinca, ela está se comportando como mais madura do que o esperado para a sua idade, já que essa atividade a ajuda a se expor às convenções culturais e a explorar sua imaginação para ultrapassar possíveis limitações impostas pelo mundo real. É também através da brincadeira que a criança se expressa quando está feliz, ansiosa ou com medo.

Crianças de culturas diferentes brincam de maneiras diferentes porque a influência social que elas recebem de seus pais, amigos e sociedade refletem diretamente nesse aspecto. Por isso, as regras de uma mesma atividade podem ser diferentes quando atravessamos a fronteira de alguns países. Enquanto para nós o “pedra, papel e tesoura” é uma atividade de diversão, conhecimento e competição, no Japão, onde o jogo foi criado, ele é uma atividade de estratégia e raciocínio. Essas pequenas diferenças são influências culturais de cada sociedade na maneira de usar a brincadeira.

Como o tipo de brincadeira influencia no aprendizado

A brincadeira é uma maneira de estimular a criança a se relacionar com o mundo real de um jeito diferente e mais maduro. Por isso, quando elas brincam, são capazes de aplicar, na prática, situações culturais e sociais que aprendem diariamente.

O foco da importância da brincadeira para a criança está mais direcionada para a experiência que ela tem com a atividade, do que necessariamente com o tipo de objeto que ela usa. Por isso, é errado dizer que crianças que brincam com bonequinhos de guerra se tornarão mais violentas do que aquelas que jogam futebol — tudo vai depender da maneira como essa atividade for realizada. O ambiente influencia muito mais nas qualidades das brincadeiras do que o tipo de brinquedo que o seu filho tem.

Diferentes brinquedos, diferentes estímulos

O brinquedo é uma oportunidade de aumentar o estímulo ao desenvolvimento da criança. É por isso que eles podem ser tão diferentes em países de culturas diversas, assim como as atividades relacionadas com a diversão das crianças em cada canto do mundo. A maneira como a criança usa o brinquedo para estimular o seu desenvolvimento será capaz de desenvolver nele habilidades sociais e físicas diferentes, isso faz com que as crianças de diferentes países possam ter características tão diferentes.

Enquanto no Brasil é comum vermos crianças com habilidades físicas bastante desenvolvidas (graças às suas brincadeiras com bola, elástico e outros itens que estimulam a movimentação), em países orientais é fácil encontrar crianças de raciocínio rápido e concentradas (por terem o hábito de brincar com quebra-cabeças e números desde pequenos).

A escolha do brinquedo e do tipo de atividade pode influenciar no desenvolvimento de características diferentes para crianças ao redor do mundo, mas isso não torna um tipo de atividade mais importante que a outra: elas têm somente perfis e objetivos diferentes.

Brincando em grupo

O hábito de brincar em grupo ou sozinho também pode influenciar diretamente no desenvolvimento infantil. Brincar com outras crianças exige uma capacidade enorme de saber improvisar e lidar com outras ideias e imaginações para um mesmo cenário. Crianças que brincam em grupo trocam mais experiências culturais e sociais entre elas do que aquelas que se divertem sozinhas. Além disso, elas aprendem a compartilhar melhor o mesmo espaço e os mesmos objetivos.

Por isso as brincadeiras em grupo são tão importantes e tão comuns ao redor do mundo, para que a criança crie vínculos com sua cultura, com seus amigos e com sua sociedade.

A importância da participação dos pais

É comum observar também, em diferentes culturas, a participação dos pais nas brincadeiras das crianças. Brincar com o adulto é uma experiência diferente do que brincar com outras crianças. Nesse caso, o adulto é um modelo das atitudes que serão valorizadas pela criança, além de um mediador da atividade, estimulando novas soluções e alternativas para algum desafio proposto por ele.

Brincar com os pais também é uma maneira de reforçar os laços afetivos da relação, já que é uma demonstração de amor de ambos os lados. Por esse motivo é tão comum ver adultos participando de atividades infantis em diferentes culturas

Brincar faz parte da rotina de qualquer criança

Apesar de nossas crianças terem suas rotinas cada vez mais ocupadas por atividades extracurriculares, como aulas de idiomas, de esportes e outros compromissos, o tempo para a brincadeira nunca deve ser deixado de lado.

É preciso aprender a permitir que seu filho se divirta sozinho, com colegas e com você mesmo durante a sua rotina, nos mais diferentes tipos de brincadeiras que podem ser criadas e aplicadas no seu dia a dia.

Em todos os cantos do mundo, a criança tem como seu principal direito a brincadeira. Quando a estrutura social em que ela vive não permite essas atividades lúdicas, a criança poderá sofrer consequências psicológicas e sociais no futuro.

Como você estimula a brincadeira na rotina dos seus filhos? Você já percebeu características de outras brincadeiras ao redor do mundo que gostaria de estimular no dia a dia de suas crianças? Deixe seu comentário sobre esse assunto!

CompartilheShare on FacebookTweet about this on TwitterShare on Google+Pin on PinterestDigg thisShare on TumblrShare on RedditShare on LinkedInEmail this to someone

3 Replies to “A importância das brincadeiras na vida das crianças ao redor do mundo”

  1. […] receber, melhor e mais rapidamente ocorrerá seu desenvolvimento cognitivo e motor. E para isso, as brincadeiras são […]

  2. […] começou a passar objetos de uma mão para outra, quando ela começou a rolar e a sentar, quais as brincadeiras que ela mais gosta, […]

  3. […] criança também precisa de tempo livre para brincar e se divertir. Além das obrigações comuns de toda criança, como ir à escola, fazer dever de casa e qualquer […]

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Caro Leitor,

A CordVida produz o conteúdo desse blog com muito carinho e com o objetivo de divulgar informações relevantes para as futuras mães e pais sobre assuntos que rondam o universo da gravidez. Todos os artigos são constituídos por informações de caráter geral, experiências de outros pais, opiniões médicas e por nosso conhecimento científico de temas relacionados às células-tronco. Os dados e estudos mencionados nos artigos são suportados por referências bibliográficas públicas. A CordVida não tem como objetivo a divulgação de um blog exaustivo e completo que faça recomendações médicas. O juízo de valor final sobre os temas levantados nesse blog deve ser estabelecido por você em conjunto com seus médicos e especialistas.