Tudo o que você precisa saber sobre as células-tronco do cordão.

QUAL A IMPORTÂNCIA DO SANGUE DE CORDÃO?

O sangue remanescente no cordão umbilical do bebê contém valiosas células-tronco hematopoéticas que podem ser usadas para tratar mais de 80 doenças do sangue e do sistema imunológico. Confira a lista completa das doenças.

As células-tronco do sangue do cordão umbilical vêm sendo utilizadas há mais de 25 anos no tratamento de doenças que, antes, podiam ser tratadas somente com células-tronco da medula óssea ou do sangue periférico.  Por isso, é importante avaliar a oportunidade de armazená-las antes do momento do parto.

Atualmente há mais de 4 milhões de amostras armazenadas em laboratório privados, distribuídas em 86 países. [CBA Fact Sheet]

 

Saiba quais são as doenças tratáveis pelas células-tronco desse sangue.

CONFIRA A LISTA COMPLETA DE DOENÇAS

  • Utilização no Mundo
    Mais de 35.000 pessoas com leucemias e outras doenças da medula óssea já foram tratadas com células-tronco do sangue do cordão.
  • Pesquisas
    Centenas de ensaios clínicos em curso estudam o uso dessas células para o estudo de tratamento de doenças como, por exemplo, paralisia cerebral e autismo.
  • Bancos privados no mundo
    Há atualmente mais de 4 milhões de amostras armazenadas em laboratórios privados, distribuídas em 86 países.
  • Chance de uso
    Probabilidade de uma pessoa vir a precisar de um transplante é de 1 em 217 casos de 0 a 70 anos de idade.

TRANSPLANTE EM PACIENTES ATÉ 18 ANOS – POR ORIGEM DAS CÉLULAS

O que há 20 anos era inexistente, hoje o tratamento com células-tronco do sangue do cordão umbilical é uma realidade consagrada em transplantes de medula óssea.

 

TRANSPLANTES NOS ESTADOS UNIDOS

A utilização de células-tronco autólogas (da própria pessoa) em transplantes de medula óssea volta a apresentar crescimento nos últimos 15 anos.

 

POR QUE AS CÉLULAS-TRONCO DO SANGUE DO CORDÃO SÃO TÃO VALIOSAS?

  • As células-tronco do sangue de seu bebê são 100% compatíveis com ele próprio e têm até 25% de chance serem totalmente compatíveis com um irmão direto.
  • Quando comparadas às células-tronco da medula adulta, as do cordão umbilical são mais imaturas e tolerantes imunologicamente. Por isso, elas são usadas por mais pessoas, já que exigem uma menor compatibilidade entre o doador e o paciente para que o transplante seja bem-sucedido.
  • Isto também faz com a que a probabilidade de complicações pós transplante seja menor, pois reduz o risco da doença do enxerto contra o hospedeiro, um problema sério pós transplante.
  • Sua coleta é simples e não invasiva. Além de ser totalmente indolor, ela não oferecer riscos para a mãe ou para o bebê.
  • Uma vez coletadas, as células serão processadas e posteriormente criopreservadas, ficando disponíveis para uso.

Ainda está com dúvida? Podemos ajudar!

FALE COM UM CONSULTOR    ou saiba mais com o nosso e-book

Referências Bibliográficas

10. Cord blood hematopoietic stem cell transplantation
Broxmeyer, H.E. StemBook, ed. (May 26, 2010) The Stem Cell Research Community, StemBook,
doi/10.3824/stembook.1.52.1, http://www.stembook.org.

11. Hematopoietic reconstitution in a patient with Fanconi’s anemia by means of umbilical-cord blood from an HLA-identical sibling.
Gluckman E, Broxmeyer H.A, Auerbach A.D, Friedman H.S, Douglas G.W, Devergie A, Esperou H, Thierry D, Socie G, Lehn P, et al. N
Engl J Med. 1989;321:1174–1178

12. Lifetime probabilities of hematopoietic stem cell transplantation in the U.S.
Nietfeld JJ, Pasquini MC, Logan BR, Verter F, Horowitz MM.
Biol Blood Marrow Transplant. 2008 Mar;14(3):316-22.

13. https://bethematchclinical.org/resources-and-education/hct-presentation-slides/#899/

14. www.clinicaltrials.gov

15. Graft-versus-host disease in children who have received a cord-blood or bone marrow transplant from an HLA-identical sibling. Eurocord and International Bone Marrow Transplant Registry Working
Committee on Alternative Donor and Stem Cell Sources.
Rocha V, Wagner JE Jr, Sobocinski KA, Klein JP, Zhang MJ, Horowitz MM, Gluckman E.
N Engl J Med. 2000 Jun 22;342(25):1846-54.

16. Transplants of umbilical-cord blood or bone marrow from unrelated donors in adults with acute leukemia.
Rocha V, Labopin M, Sanz G, Arcese W, Schwerdtfeger R, Bosi A, Jacobsen N, Ruutu T, de Lima M, Finke J, Frassoni F, Gluckman E; Acute Leukemia Working Party of European Blood and Marrow Transplant
Group; Eurocord-Netcord Registry.
N Engl J Med. 2004 Nov 25;351(22):2276-85.

17. Survival after transplantation of unrelated donor umbilical cord blood is comparable to that of human leukocyte antigen-matched unrelated donor bone marrow: results of a matched-pair analysis.
Barker JN, Davies SM, DeFor T, Ramsay NK, Weisdorf DJ, Wagner JE.
Blood. 2001 May 15;97(10):2957-61.

18. Patents versus transplants.
Gluckman E, O’Reilly R, Wagner J, Rubinstein P.
Nature. 1996 Jul 11;382(6587):108.

19. Clinical Protocols for the Isolation and Expansion of Mesenchymal Stromal Cells.
Bieback K, Schallmoser K, Klüter H, Strunk D.
Transfus Med Hemother. 2008;35(4):286-294.

20. New Approaches for Improving Engraftment after Cord Blood Transplantation.
Rocha V, Broxmeyer H.E.
Biol Blood Marrow Transplant. 2010;16:S126–S132.

21. Umbilical cord blood: information for childbirth educators.
Waller-Wise R.
J Perinat Educ. 2011 Winter;20(1):54-60.