Por quanto tempo as células-tronco do cordão umbilical podem ficar armazenadas? Por que armazenar um número maior de células é melhor para um tratamento? Destacamos os sete principais passos do processo de armazenamento de células-tronco do cordão umbilical.

COLETA

O momento do parto é único para a coleta de células-tronco do cordão umbilical. É um procedimento muito simples, rápido, seguro e indolor, tanto para a mãe quanto para o bebê. Saiba mais sobre o
nosso processo de coleta.

TRANSPORTE

O sangue e o tecido do cordão umbilical coletados no parto devem ser transportados, processados e armazenados no nosso laboratório em até 48 horas após o nascimento do bebê.

ANÁLISE

Ao chegar em nosso laboratório, o material é processado para que as amostras de células-tronco sejam armazenadas. Essa etapa visa obter o maior número de células-tronco viáveis e cuidar para que a esterilidade do material seja mantida.

AMOSTRAS

No laboratório da CordVida, o número médio de células por amostra é de 1 bilhão, mais de 100% superior ao padrão mínimo estabelecido pela Anvisa para o armazenamento. Temos como compromisso com nossos clientes oferecer a mais alta qualidade dos nossos processos, dessa forma, buscamos sempre a obtenção do maior número de células-tronco possível para uso em transplantes e infusões no futuro.

CRIOGENIA

Uma vez processadas e analisadas, as células-tronco do cordão umbilical passam pela criopreservação, um processo de congelamento usando nitrogênio, que reduz a temperatura da amostra gradualmente até atingir 196ºC negativos. Assim, em caso de necessidade, essas células podem ser imediatamente reutilizadas.

ARMAZENAMENTO

A literatura científica atual relata a viabilidade de células-tronco do sangue do cordão umbilical criopreservadas há mais de 25 anos, o que sugere que, uma vez criopreservadas nas condições corretas, as células-tronco do sangue e do tecido do cordão umbilical podem permanecer viáveis por tempo indefinido.

MONITORAMENTO

Nosso laboratório é monitorado 24 horas por dia, todos os dias do ano. Além disso, há um controle rigoroso da temperatura, da umidade e da qualidade do ar e um sistema de alarme em caso de emergências.

O sangue e o tecido do cordão umbilical são duas fontes ricas em células-tronco, que podem vir a ser necessárias no futuro, devido ao seu amplo potencial terapêutico. É a vida sendo aproveitada a partir de um material que seria descartado.

AINDA ESTÁ COM DÚVIDA? PODEMOS AJUDAR!

FALE COM UM CONSULTOR    ou saiba mais com o nosso e-book